Aporte da União na Telebrás acontecerá em 2009

O aporte de capital da Telebrás, de R$ 200 milhões, só deverá acontecer em 2009. O diretor superintendente da empresa, Manoel Elias Moreira, explicou que a companhia precisa submeter a operação à assembléia extraordinária e também ao período de preferência para os atuais acionistas. No mínimo, esses procedimentos consumirão 60 dias.
O executivo não quis comentar a destinação dos recursos. Segundo ele, até o momento, a administração não sabe qual a finalidade do dinheiro que será aportado no negócio pela União.
É de conhecimento público, entretanto, que o governo federal possui um projeto de revitalizar a Telebrás para torná-la um agente da universalização do serviço de acesso a internet em alta velocidade (banda larga). A empresa, atualmente, é apenas um casca, esvaziada para a privatização do sistema de telefonia em 1998.
Mais uma vez, a companhia anunciou novidades sobre o tema em meio às festas de fim de ano. Foi assim em 2007, quando foi anunciada a medida provisória 405, que destinava R$ 200 milhões do orçamento à companhia. Os trabalhos, entretanto, foram paralisados porque, ao virar lei (rito legal das MPs), a destinação de recursos da MP 405 foi considerada inconstitucional. No entanto, os recursos reservados não foram empenhados ao longo do ano.

Em 23 de dezembro de 2008, o governo emitiu um decreto para garantir a capitalização da Telebrás em R$ 200 milhões, com os recursos já reservados pela MP 405 – embora a voz oficial seja de que a MP e o decreto não têm vínculo. Caso não fosse utilizado ou reservado neste ano, o dinheiro seria considerado sobra de orçamento.
Pouco claro, o projeto de recriar a Telebrás, com outras funções, motiva apostas. Na sexta-feira, quando anunciou o aumento de capital, as ações preferenciais subiram mais de 30%.
O fundo Tamisa, representado pela administradora de recursos Verax, do Banco Cruzeiro do Sul, alcançou uma fatia de 10% das ações ordinárias da Telebrás. Desde outubro, a fatia detida vem sendo ampliada. Nenhum representante da carteira foi encontrado para comentar o assunto.